Tonico, Tinoco e Salomão: Quantas histórias protagonizadas pelos três!

As histórias acumuladas por Tonico e Tinoco mais Salomão Esper são extremamente saborosas e folgadamente dariam para preencher muitas páginas de livro

Tonico, Tinoco e Salomão

Desde 1948 até meados dos anos 80, a Rádio Bandeirantes manteve no ar vários programas sertanejos nos horários de fim de tarde, madrugadas e manhãs. Entre as dezenas de artistas contratados para abrilhantar aquela programação, estavam os irmãos Perez: Tonico e Tinoco.

Na década de sessenta quando vieram para a Bandeirantes, onde permaneceram por mais de 20 anos, o jornalista Salomão Esper ocupava o cargo de superintendente da emissora, sem prejuízo para suas funções de apresentador. A ele incumbiu a tarefa naquele período de contratar, assim como renovar contratos, dos artistas da área sertaneja. As histórias acumuladas por Tonico e Tinoco mais Salomão Esper são extremamente saborosas e folgadamente dariam para preencher muitas páginas de livro:

Veja também:
Assim era a São Paulo nos anos 1920, por Zélia Gattai

Quem morrer, vai ser multado! A história de uma cidade em que os moradores ficaram “sem ter onde caírem mortos”

Avatar

Milton Parron

Milton Parron começou a carreira em 1960 e testemunhou os grandes acontecimentos policiais, esportivos, políticos e culturais em São Paulo e no Brasil. É um dos maiores repórteres da história do rádio brasileiro.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Milton Parron começou a carreira em 1960 e testemunhou os grandes acontecimentos policiais, esportivos, políticos e culturais em São Paulo e no Brasil. É um dos maiores repórteres da história do rádio brasileiro.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.