Blog do Milton Parron
Sobre Milton Parron

Sobre Milton Parron

Natural de Araçoiaba da Serra-SP, o corintiano Milton Parron Villega é um dos maiores referenciais do jornalismo investigativo do rádio brasileiro.

Durante 15 anos foi  apresentador do programa “Ciranda da Cidade” pela rádio Bandeirantes  AM 840 e FM 90,9  e atualmente é o diretor do CEDOM (Centro de Documentação e Memória) da Rádio Bandeirantes além de produtor e apresentador do programa “Memória” na própria Band.

Parron marcou época na Rádio Jovem Pan por mais de 30 anos.

Com algumas incursões também pela TV Record – sempre pelas mãos do saudoso jornalista Fernando Luis Vieira de Mello, mentor, cérebro, coração e rosto na criação da rádio Jovem Pan -, Parron fez inesquecíveis reportagens como nos incêndios dos edifícios Joelma e Andraus, na capital paulista, no início dos anos 70, como também foi pioneiro nas reportagens-denúncia que provaram, por análises no Instituto Adolfo Lutz e Cetesb, de contaminações até por coliformes fecais na água mineral, na carne e no leite, então mal fiscalizados no Brasil.

Suas reportagens provocaram grande alvoroço, mas os empresários tiveram que se “enquadrar” para a satisfação da sociedade, a grande beneficiada. O mesmo trabalho na linha investigativa ele realizou pela rádio Bandeirantes relacionado com as fraudes e a precária manutenção dos botijões de gás de cozinha que acabou produzindo uma lei regulamentando o assunto.  Também investigou e provou que o governo de São Paulo estava sendo fraudado pelas empresas distribuidoras de oxigênio hospitalar causando milhões de reais de prejuízos ao erário o que levou o governador Mário Covas a cancelar todos os contratos mantidos com os hospitais públicos estaduais paulistas.  Fornecimento de armas e munições até em repartições policiais, bem como venda  de documentos de identidade e habilitação em plena luz do dia na praça da Sé, também foram reportagens de  sua autoria. Ao longo da carreira recebeu todos os prêmios conferidos aos profissionais do rádio, entre eles, Roquette Pinto, Sanyo de Jornalismo, Prêmio Esso em equipe, CNT de Jornalismo, APCA.

Casado pela segunda vez, com a jornalista  e produtora da TV Band, Débora Raposo – com quem tem uma filha -, Parron em seu primeiro  matrimônio teve um filho,  o odontologista Milton Parron Júnior.

Milton Parron, que começou a carreira em 1960, testemunhou e cobriu os grandes acontecimentos policiais, esportivos, políticos e culturais verificados em São Paulo e no Brasil por  meio século.

É um dos maiores repórteres da história do rádio brasileiro de todos os tempos.

A partir dos anos 90, ele se tornou também apresentador e  diretor de jornalismo da Rádio USP-FM.

Milton Parron começou a carreira em 1960 e testemunhou os grandes acontecimentos policiais, esportivos, políticos e culturais em São Paulo e no Brasil. É um dos maiores repórteres da história do rádio brasileiro.