Ótimo na viola, péssimo no volante

No dia primeiro de maio de 1969 estreou na rádio Bandeirantes a mais famosa, e mais importante, dupla sertaneja do Brasil, os irmãos Tonico e Tinoco – João Salvador Perez e José Perez. Foram contratados exclusivos da emissora durante cerca de 20 anos abrilhantando, entre outros, os programas Brasil Caboclo e Na Beira da Tuia. Além de músicas do repertório da dupla, eles também davam espaço especialmente para os novos talentos e também contavam suas histórias de vida, a maioria delas muito hilariantes. Para recordar trecho de um programa Brasil Caboclo levado ao ar em novembro de 1972, faz-se necessário explicar que naquela época na confluência das avenidas do Estado, Mercúrio, Senador Queiroz, na região do Mercado Central, em vez de semáforo existia um supedâneo, espécie de estrado de madeira, sobre o qual sempre havia um guarda civil com seu vistoso uniforme azul e reluzente capacete branco empenhado em orientar o trânsito. Ouçam o que aconteceu com Tinoco que, em matéria de volante, se comparado com o artista, sempre deixou muito a desejar:

Além de Brasil Caboclo e Na Beira da Tuia, outros programas da linha sertaneja da rádio Bandeirantes que fazem parte da antologia do rádio: Na Serra da Mantiqueira, Roda de Violeiros e Onde Canta o Sabiá.

Avatar

Milton Parron

Milton Parron começou a carreira em 1960 e testemunhou os grandes acontecimentos policiais, esportivos, políticos e culturais em São Paulo e no Brasil. É um dos maiores repórteres da história do rádio brasileiro.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Milton Parron começou a carreira em 1960 e testemunhou os grandes acontecimentos policiais, esportivos, políticos e culturais em São Paulo e no Brasil. É um dos maiores repórteres da história do rádio brasileiro.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.